segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Normal ser feliz.

Eu te encontrei  e meu caminho se tornou tão bom.
Eu me esquivei  e  a melodia encontrou o tom.
Eu me perdi em mil palavras e só bastava um tenro e doce olhar.
Eu protestei ,travei batalhas antes de encontrar.

Me acostumei e meramente, a mente, fica assim:
Querer ter frutos ,plantar sementes  não querer ter fim
Individual a mente,  mente e a dor da gente ou ser hei só pra mim
As flores nascem belas em qualquer parte não somente num jardim

Eu sei que a gente acredita que um sonho há de se realizar.
O corpo quer ,a alma entoa mil versos de amor e de bem estar
ser a semente ,regar -te sempre ,fixar raiz.

O corpo sente,a pele quente e o arrepio não se contradiz
e assim a alma prazerosa clama,vagarosa  diz
viver o que há de viver,pois afinal,normal é ser feliz. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário